top of page
Buscar
  • indaiatubapibi

Você gostaria de ser lembrada assim? Uma história real!


Miriã era irmã de Moisés, o famoso bebê que foi colocado em um cesto nas águas do rio Nilo para que não fosse morto. Miriã ficou ao longe, observando o cesto onde estava seu irmão. Eu me impressiono com ela, que ainda tão jovem, foi corajosa em ficar vigiando seu irmãozinho e ainda mais corajosa em aproximar-se da filha do faraó do Egito, quando esta demonstrou compaixão pelo bebê encontrado no rio.


Além da coragem, Miriã teve muita desenvoltura ao falar com a princesa. Não deve ter sido fácil ousar aproximar-se da filha do cruel faraó e controlar suas emoções, afinal, a vida de seu irmão estava em jogo! Miriã ofereceu o “serviço” de uma mulher que poderia criar o bebê para a princesa, essa mulher era a própria mãe de Miriã e Moisés! E assim a história teve um final feliz (Êx 2.1-10).


...

Décadas mais tarde, quando Moisés liderou o povo de Israel para fugir da escravidão do Egito e ocorreu a cena épica de Deus abrindo o mar para salvar seu povo, lá estava Miriã. Após atravessarem o mar e pisarem em terra seca, Deus fez as águas cobrirem os soldados egípcios, e assim o povo estava livre!


Miriã então transbordou de alegria e começou a tocar um tamborim, incentivando as mulheres a louvarem ao Senhor. O texto bíblico diz que “todas as mulheres a seguiram” (Êx 15.19-21). Miriã se mostrou líder entre as mulheres, uma líder que exaltou a Deus, não a si própria.


Proatividade, contentamento, inspiração para outras mulheres glorificarem a Deus... Eu gostaria de ser lembrada assim. Você gostaria de ser lembrada assim?

...

Mais de 500 anos depois da morte de Miriã (Nm 20.1), quando Deus recordou o seu cuidado para com o povo, citou o nome dessa mulher. O Senhor disse que ela, junto com seus irmãos Moisés e Arão, foi enviada para guiar a nação de Israel (Mq 6.4). Miriã foi escolhida para ter um destaque na história e teve seu nome pronunciado pelo próprio Deus!


Ser associada ao cuidado do Senhor, ser usada para servir ao povo de Deus. Eu gostaria de ser lembrada assim. Você gostaria de ser lembrada assim?

...

A Bíblia traz mais um registro sobre a vida de Miriã. Certa vez ela questionou a liderança de seu irmão Moisés e desejou ter uma posição tão importante quanto a dele. Miriã sabia que Moisés era o homem escolhido por Deus para ser o líder da nação, mesmo assim, apresentou uma crítica que poderia gerar contenda familiar, rebelião entre o povo e o pior: desrespeito pela escolha do próprio Deus.


Talvez Miriã tenha sido movida por ciúmes, por desejo de mais reconhecimento, por descontentamento... Deus sabia exatamente o que estava no coração dela e a exortou (Jr 17.10), revelou que ela não demonstrava temor e, como resultado, Miriã ficou leprosa. Moisés intercedeu por ela e Deus o atendeu, curando Miriã. Mesmo assim, ela viveu a vergonha de ficar por sete dias isolada do seu povo (Nm 12.1-15).


Comportamento pecaminoso, falta de temor, disciplina pública. Eu NÃO gostaria de ser lembrada assim. Você gostaria de ser lembrada assim?

...


Miriã era uma mulher com muitas qualidades, uma inspiração desde jovem. Muitos trechos da sua vida são admiráveis! Contudo, quando se deixou levar por seu coração enganoso e corrupto (Jr 17.9), teve um capítulo vergonhoso em sua história. Permita-me dizer que acredito que Miriã é como você e eu. Quando nos colocamos à disposição para servir e glorificar ao Senhor, sua luz brilha através de nós. Quando as qualidades com as quais Deus nos fez são usadas para realizar os planos que ele determinou, somos um belo exemplo. Porém, quando nos deixamos levar por nossos sentimentos e pensamentos pecaminosos, os resultados são desastrosos, trazem vergonha e a necessidade de lidar com difíceis consequências.


Que você e eu sejamos mulheres que têm aprendido com a Palavra de Deus, que olham para as mulheres da Bíblia com humildade, sabendo que somos como elas e precisamos de Cristo. Afinal, viver nos caminhos do Senhor, glorificando a ele, é o que gera histórias dignas de serem lembradas!


Aletea Hoffmeister Mattes


Aletea é casada com Jônatas, mãe da Isabel e do Rafael.

Faz parte da Primeira Igreja Batista em Indaiatuba.

É Mestre em História da Arte e autora do livro "Do Lar ao Coração", ed. Peregrino.

240 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2 Post
bottom of page