top of page
Buscar
  • indaiatubapibi

Teologia é importante?


Você está estudando algum livro da Bíblia? Você faz parte de algum grupo de estudo bíblico? Você está lendo algum livro cristão?


Se você respondeu negativamente a essas perguntas, você faz parte de um grande número de pessoas que é a expressão de uma época chamada de a “era da morte da razão” (Francis Schaffer). Isso significa que vivemos o tempo da espiritualidade. É a era existencialista, onde a experiência, o sentimento é o que importa. A famosa frase do francês Rene Descartes: “Cogito ergo sun”, (Penso, logo existo), hoje é dita: “Ego, ergo sun” (sinto, logo existo).


Infelizmente, acompanhando essa tendência, muitas igrejas evangélicas do Brasil desprezam a Palavra de Deus e têm as experiências místicas (sonhos, visões, sensações), como autoridade máxima. A Bíblia tem sido lembrada apenas em citações de textos escandalosamente fora de contexto. O resultado disso tudo é que, dentre outras coisas, inúmeros cristãos vão às igrejas domingo após domingo, mas não conseguem explicar a sua fé. Não conseguem explicar o que é o Evangelho!


Por outro lado, o que é execrado e tido como não espiritual é: estudo, teologia, averiguação. Assim, entende-se que “Teologia” é para sujeitos sem fé, aqueles barbudos insensíveis à realidade humana que passam horas a fio trancados em seu mundinho do escritório!!!


Mas, o que a Bíblia tem a dizer sobre isso? Em Romanos, Paulo afirmou que Deus se manifesta a todo homem através das coisas que foram criadas (Rm 1.19). Assim, diante dessa revelação de Deus, todos fazemos teologia. Toda reflexão a respeito do cosmos (da existência, do ser humano, do trabalho, casamento, etc) que relaciona-se à uma divindade é teologia. Nesse sentido todos somos teólogos!


Acontece que existem teologias e teologias. Existe a verdadeira e a falsa teologia. Nesse texto de Romanos, Paulo continua e afirma que o homem “por ter rejeitado o conhecimento de Deus, foi entregue peo próprio Deus a uma mentalidade condenável para fazerem coisas que não convém”. (Rm 1.28). Perceba que a teologia falsa nasce do coração corrompido do homem. A rebeldia humana contra o Criador distorce a verdadeira teologia e a adapta conforme o seu bel prazer.


Assim, são muitos os casos de pessoas que têm uma teologia errada e sofrem as consequências em seu dia a dia. Casamentos destruídos, relacionamentos quebrados. Conheço homens que não usam bermuda, nem em casa, porque isso afetaria a sua “santidade”! Conheço alguém que passou anos sem tomar refrigerante porque fez um voto com Deus (a saúde dela agradece, mas a teologia...). Sei de inúmeros pais que educam seus filhos de forma libertina, ou de forma legalista, ambas as formas sem levar em conta o Evangelho. Quantas e quantas pessoas estão escravizadas por teologias que afirmam a salvação pelo esforço humano!


Como corrigir essa falsa teologia? Ela precisa ser corrigida com o estudo sério, constante e humilde das Sagradas Escrituras, e dar lugar a uma teologia sadia, realmente bíblica.


Isso posto, rejeite o hábito de buscar a vontade de Deus através de visões, profecias, sonhos. Isso é mais paganismo do que cristianismo! Rejeite a tendência por programações cujo enfoque seja apenas o entretenimento, ou a “comunhão”. Precisamos de menos churrascos, menos futebol, menos videogames, menos entretenimento e mais, muito mais a Palavra de Deus.


Sendo assim, quero encorajá-lo a voltar-se à Palavra de Deus. Que as Escrituras formem sua teologia a fim de que você tenha uma vida cristã plena. Estude a Bíblia e não apenas a leia. Leia livros cristãos com boa teologia e consulte irmãos que creiam na Bíblia como Palavra de Deus e o ajude a interpretá-la de forma correta. Crie ocasiões de estudo bíblico na sua família. Além disso, queremos promover em nossa igreja cada vez mais estudos de livros da Bíblia em nossa Escola Bíblica Dominical e formar grupos de estudo bíblico durante a semana.


Sola Escriptura!


Pr. Nelson Galvão

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2 Post
bottom of page