top of page
Buscar
  • indaiatubapibi

Igreja ou supermercado?



Frequentamos regularmente uma vez na semana, as vezes mais que isso. Preferimos que tenha estacionamento, seu ambiente seja climatizado e iluminado e tenha amplo espaço. Seus serviços devem ser cuidadosamente pensados para suprir nossas necessidades e desejos. Nossos relacionamentos são limitados aos cumprimentos do tipo “boa noite”. Ninguém nos conhece, ou sabe nossa história, nem conhecemos a dos outros, somos apenas rostos familiares que frequentam regularmente o mesmo espaço.


Você já deve saber do que eu estou falando... claro, é o supermercado! Mas, que pena que essa experiência pode descrever a de muitas pessoas em relação à igreja.


Entretanto, a despeito do fato de que essa experiencia em relação à igreja seja de muita gente, ela não descreve a igreja de acordo com as Escrituras.


O livro de Atos nos dá um panorama de como é a igreja bíblica. Sendo assim, acompanhe comigo como o livro de Atos descreve a experiencia dos crentes em Cristo em relação à igreja. Vamos começar por At 2.41-47:


“41 Desse modo, os que acolheram a sua palavra foram batizados; e naquele dia juntaram-se a eles quase três mil pessoas. 42 E eles perseveravam no ensino dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. 43 Em cada um havia temor, e muitos sinais e feitos extraordinários eram realizados pelos apóstolos. 44 Todos os que criam estavam unidos e tinham tudo em comum. 45 Vendiam suas propriedades e bens, e os repartiam com todos, segundo a necessidade de cada um. 46 E perseverando de comum acordo todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e simplicidade de coração, 47 louvando a Deus e contando com o favor de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava a cada dia os que iam sendo salvos.”


Perceba:


At 2.41 – A Igreja é a organização daqueles que professam publicamente, por meio do batismo, a fé em Jesus;


At 2.42 – A Igreja é a organização daqueles que perseveram no ensino apostólico, na comunhão mútua e na ceia;


At 2.43-46 - A Igreja é a organização daqueles que temem a Deus, são edificados pelo ministério apostólico (hoje é o Novo Testamento), se comprometem regularmente na edificação espiritual e assistência material mútuas.


At 2.47 - A Igreja é a organização daqueles que glorificam a Deus e dão testemunho para os de fora.



Só esse texto já nos dá um quadro da Igreja que se distancia enormemente da experiência de muita gente hoje em relação à Igreja.


Me permita acrescentar mais dois (e com isso não pretendo ser exaustivo):


At 5

Esse texto conta o momento em que Ananias e Safira são confrontados por Pedro. Isso me leva a entender que a Igreja é a organização daqueles que se submetem à disciplina bíblica.


At 14.23

E, nomeando-lhes presbíteros em cada igreja e orando com jejuns, consagraram-nos ao Senhor em quem haviam crido.”


Isso me leva a entender que a Igreja é a organização daqueles que possuem uma liderança biblicamente constituída.


Muito bem, pensando nesses textos de Atos, posso me aventurar a trazer uma definição do que é a Igreja:


“Igreja é a organização criada por Cristo e fundamentada no ensino dos Apóstolos, sendo composta por aqueles que professam a fé na morte e ressurreição de Cristo por meio do batismo e ceia, se comprometem com a edificação espiritual e assistência material mútuas, se submetem à liderança e disciplinas bíblicas, e se dedicam ao testemunho do Evangelho por todo o mundo, para a glória de Deus”.

Sendo assim, se a nossa experiência com a igreja é como a de ir a um supermercado estamos perdendo a incrível dádiva de Deus que é a igreja realmente bíblica.


Como tem sido a sua experiencia em relação à igreja? Jonathan Leeman[1] nos ajuda com algumas perguntas intrigantes que trago aqui com algumas adaptações:


a) Você considera normal participar de uma igreja indefinidamente sem se tornar membro?


b) Você considera que a relação do batismo e ceia tem relacionamento direto com a membresia da igreja?


c) Você procura integração com outros membros da igreja de segunda a sábado?


d) Você acha normal se ausentar das reuniões da igreja?


e) Você considera que pode tomar decisões da vida sem considerar os efeitos no relacionamento com a igreja, ou sem consultar o discernimento dos pastores e de outros membros?


f) Você compra ou aluga casas sem considerar a capacidade de servir à igreja?


g) Você se dá conta de que é responsável pela saúde espiritual e sustento físico dos membros da igreja?



Espero que essa reflexão o ajude a repensar sua experiência em relação à igreja do Senhor Jesus.


pr. Nelson Galvão



Referências

[1] Jonathan Leeman. Membresia na Igreja. Ed. Vida Nova, pág. 25.

83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2 Post
bottom of page