top of page
Buscar
  • indaiatubapibi

4 razões para ouvir a exposição de Efésios - PARTE 2


Quatro razões para ouvir a exposição de Efésios. PARTE 2


Começamos a exposição de Efésios em nossa igreja. Espero que você tenha tido oportunidade de acompanhar a 1ª pregação. Se não, você pode assistir pelo nosso site, ou canal do youtube.


Já vimos duas razões para ouvir a exposição de Efésios. São elas: (1) Efésios nos ajuda a crescer no entendimento da Graça de Deus, em detrimento do humanismo reinante; (2) Efésios nos ajuda a entender o que é a Igreja.


Hoje vou propor mais uma razão que pretendo que sirva para te encorajar a acompanhar a exposição de Efésios; aliás, até mesmo com o estudo da carta em suas devocionais diárias.


3- Efésios nos ajuda a entender que o Evangelho tem implicações práticas


A partir do cap. 4 de Efésios, existe a ocorrência do verbo viver, no imperativo. Veja:


4:17: “não vivam mais como os gentios”.

5:1: “vivam em amor”

5:8: “vivam como filhos da luz”

5:15: “tenham cuidado com a maneira como vocês vivem”.


O verbo no original (gr. Peripateo) significa: andar, caminhar, regular a própria vida, conduzir a si mesmo, comportar-se. Com isso, Paulo afirmou que aqueles que foram abençoados graciosamente por Deus e foram feitos Seu povo, Sua Igreja, devem agora viver de forma digna do Evangelho.


Dessa forma, a vida do membro da Igreja de Cristo deve contrapor-se ao estilo de vida dos filhos das trevas (4:17-19). Sendo assim, Paulo se propõe a explicar como devem ser esses crentes que são diferentes. Observe as três vezes que aparece a conjunção conclusiva “portanto”, a partir do cap. 4:


Portanto, na sua conduta pessoal seja correto (4.25-28 - Não minta, não peque quando ficar irado, não roube).

Portanto, seja imitador de Deus, como filho amado (5:1).

Portanto, não participem com eles dessas coisas (5.7).


Essa forma constitui-se de “blocos” textuais utilizados para expressar como devem os crentes ser diferentes.


Além disso, os crentes, capacitados pelo Espírito Santo (Ef. 5.18), devem ter uma família diferente, de acordo com a vontade de Deus para o casamento, criação de filhos, relacionamento entre pais e filhos, e trabalho (Ef. 5.18-6.9).


Com isso, estou convencido de que Efésios precisa ser ouvida porque nos ajuda a superar uma falsa dicotomia: Evangelho/vida prática. Nós precisamos entender que o Evangelho tem implicações práticas para todos os âmbitos de nossa vida, de maneira que transforma completamente a nossa maneira de pensar e de agir.

Uma vez transformados pela graça de Deus manifesta na morte e ressurreição de Jesus Cristo, o povo de Deus deve viver de maneira a expressar esta graça, seja em seu casamento, nos relacionamentos do trabalho, ou com outros irmãos.


pr. Nelson Galvão

118 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Post: Blog2 Post
bottom of page